logomarca

Carta 1 Coríntios

imprimir tamanho da letra: A- normal A+
Cap 1 – Paulo se preocupou com a santidade, a unidade e a comunhão da igreja. Não faltava nenhum dom espiritual. Porém, estavam divididos entre grupos. A mensagem central é Cristo crucificado, que é a unidade, o poder e sabedoria. Então, não era gloriar nas coisas e nem dos líderes que pregaram e sim no Senhor. 
 
Cap 2 – Paulo pregou Cristo crucificado, não trouxe eloquência e nem sabedoria deste mundo. Porquanto a base da fé fosse à demonstração do poder do Espírito Santo. O mistério de Deus não é entendido pelos sábios, se fosse não tinham crucificado o Senhor. As coisas espirituais se entendem somente pelo Espírito de Deus e não pela sabedoria do mundo. Pois devemos ter a mente de Cristo.  
 
Cap 3 – Paulo confrontou com crentes carnais e não espirituais. A natureza deles é: contendas, ciúmes e inveja. Estavam fechando grupos, dizendo: Sou de Paulo, ou Apolo, ou Pedro e de Cristo. Não entenderam que eram servos e toda obra é proveniente do Senhor. O fundamento é Cristo que ninguém pode lançar outra base. Então, a obra de cada um se manifestará para receber a recompensa. As pessoas são templo de Deus e que ninguém pode destruir. A sabedoria do mundo é reprovável pelo Senhor e a glória é do Senhor. Logo, somos de Cristo que é de Deus. 
 
Cap 4 – O julgamento de Deus que será revelado pelas intenções do coração. Portanto, necessita que estejam fieis e irrepreensíveis na conduta para serem despenseiros do mistério de Deus. Por causa de Paulo ou Apolo não deveriam se orgulhar e desprezarem os outros. O ministério apostólico é de sofrimento, privações, dores, humilhação, enfraquecimento, abatimento, visto que os apóstolos se sujeitaram para que os crentes fossem abençoados.  A preocupação que muitos se tornaram arrogantes, agora, Timóteo vai verificar e Paulo deseja ir para corrigir com vara ou com espírito de mansidão. 
 
Cap 5 – A igreja tem um problema de um enteado que deita com sua madrasta. O pecado é terrível e a igreja ficou imobilizada. Ordenou que retirasse esse mal. Não podia continuar, porque contaminaria toda a igreja. A esperança de arrependimento entregando a carne para o diabo e o espírito ser salvo. A orientação é que o falso crente não tenha comunhão, porém, o mundano necessita do nosso testemunho. 
 
Cap 6 – Houve problemas que crentes levavam para tribunais seculares. Sendo que Deus preparou a igreja para julgar os anjos no fim dos tempos. Assim, a igreja aprenda cheio do Espírito Santo e a palavra a resolver seus problemas. O reino de Deus não é para pecadores e sim para santos. O corpo da Igreja pertence a Cristo e não para os pecados. Então, é necessário glorificar a Deus pelo nosso corpo. 
 
Cap 7 – São conselhos para o casamento: Primeiro solteiros não vivam em fornicação e logo, casem. Se tiverem dom de ficar solteiro que permaneçam e tome conta das coisas do Senhor. Segundo, casados não separem e reconciliem com o seu conjugue. Terceiro, separou e enviuvou não casem. 
 
Cap 8 – Os ídolos não são nada e as coisas sacrificadas também não. Deus é único e é o Senhor. No entanto, existe a fraqueza de muitos que não entendem essa verdade. A nossa liberdade não pode prejudicar o irmão fraco, se comemos coisa sacrificada aos ídolos. Não é o nosso conhecimento se torna orgulho e sim o nosso amor que vai edifica os outros.
 
Cap 9 – Paulo faz uma defesa do seu ministério. As renúncias que se submeteu para pregar o evangelho. As suas atitudes eram elevadas e demonstrava amor, voluntariedade para que almas fossem salvas. A sua preocupação era se preparar para que não pregasse a muitos e fosse reprovado no final. 
 
Cap 10 – Os pecados cometidos por Israel durante a jornada de quarenta anos pelo deserto são exemplo para que não sejamos tentados e caíamos-nos mesmos erros. Não haja murmuração, idolatria e imoralidade sexual. O Senhor se manifestou para cuidar deles, porém, não valorizou esse cuidado. Advertiu para que não comessem na mesa de ídolos, que na verdade eram nada, mas sacrificavam para demônios. A mentalidade fraca dos irmãos não me dava liberdade para fazê-los pecar, tudo era lícito, mas não convém. A finalidade é para buscar o interesse do outro para sua edificação e desenvolvimento espiritual do fraco. 
 
Cap 11 – Imitar a Cristo e não as práticas pagãs. A falta do véu era uso de costume das profetisas cultuais e cabelo curto das prostitutas. A finalidade de autoridade e submissão deveria ser observada, a fim de que mulheres e homens entendessem a sua posição. O véu era um símbolo de aliança entre o casal. Cristo é autoridade sobre a Igreja e tudo provém de Deus. Quando se reunião para o culto estavam procedendo como os cultos pagãos. O procedimento era como; brutos, irracionais e, além disso, embriagavam e eram glutões. Não era o memorial que Cristo ordenou, estavam condenados e não vivendo como discípulos em santidade. 
 
Cap 12 – O Espírito Santo é um, distribui dons, ministérios e atuações diferentes (vs 8-10, 28). Tendo por finalidade um fim proveito e comum. O corpo é um, com vários membros com funções diferentes. Sendo que cada membro tem sua importância, assim o corpo funciona bem se cada membro se identifica sua posição.  
 
Cap 13 – O amor é mais importante que os dons, o amor permanecerá quando encontrarmos com o Senhor. 
 
Cap 14 – Falar em línguas estranhas se edifica a si mesmo. Profetizar fala para edificação da igreja. A ordem do culto é importante. Pode profetizar tendo que julgue. Falar línguas é bom tendo interprete, mas não é proibido se não tiver. A revelação, o conhecimento, a profecia e o ensino são para proveito coletivo de toda a igreja. O dom não pode ser exclusivamente para o individuo. 
 
Cap 15 – Houve um problema que estavam pregando que não houve a ressurreição de Cristo. Paulo foi testemunha de Cristo que lhe apareceu e dos demais outros apóstolos e irmãos antes dele. Se Cristo não ressuscitou tudo é em vão, não há perdão dos pecados, o esforço de todo trabalho é besteira. Então, não deviam ser influenciadas por esse engano. A ressurreição de todos acontecerá e que vamos receber um corpo novo e seremos recompensados. Todos os poderes serão subjulgados e a morte vencida, é a imagem do Cristo será em nós, como recebemos anteriormente a imagem de Adão. Então, seja abundante na obra e não seja abalado por essa mentira. 
 
Cap 16 – Haveria uma coleta para enviar aos crentes em Jerusalém. Paulo tinha interesse de permanecer com eles. Porém, ficaria em Éfeso até Pentecostes. Providenciasse recursos para Timóteo. Pediu para Apollo visitá-los. Houve a saudação de Priscila e Aquila e a igreja. Saudação de Paulo. 
Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.