logomarca

Evangelho de João

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

Cap 1 –Jesus é verbo da vida que criou o universo.  Deus se tornou em carne para ser a luz e a vida para os homens. Isto aconteceu na figura do filho. João veio para falar do Cristo. Tornamos-nos seus filhos pela fé em Cristo. Alguns acharam que João era o messias, logo, disse que não era, mas que o Messias batiza com o Espírito Santo e ele com água. Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado. André e João começaram a seguir a Jesus. E acharam Natanael que foi um homem sem dolo, que reconheceu a Jesus.

Cap 2 –Jesus e os seus discípulos participaram de uma festa de casamento. Houve o primeiro milagre, água foi transformada em vinho. Jesus no templo foi contra o sistema corrompido e expulsou todos os cambistas. Perguntaram-lhe que autoridade fazia aquilo, referisse ao sinal de destruir o templo em três dias. Não dizia do templo de Jerusalém e sim sobre a ressurreição de sua vida.

Cap 3 –Nicodemos encontra com o Senhor Jesus. É confrontado pelo novo nascimento para entrar no reino de Deus. Não entende nada, porque são coisas espirituais reveladas. Deus ama a humanidade e dá seu único filho para salvação e não a condenação eterna. Há um debate sobre purificação dos discípulos de João a respeito do batismo que os discípulos faziam em nome do Senhor. Assim, João definiu que Jesus é o filho de Deus para crê nele para vida eterna e não se tornar rebelde para ira de Deus.

Cap 4 –Jesus é a água da vida que se apresentou a uma mulher samaritana que a transformou verdadeiramente. Onde buscava adoração verdadeira e não achava. Até no momento que confessou com o Senhor Jesus. Foi até a cidade e contou sobre Jesus. Dizendo que era o cristo e revelou o seu vazio. Assim, muitos foram evangelizados e se creram em Cristo. O segundo milagre aconteceu que o filho de uma nobre estava doente. Pediu que o Senhor Jesus fosse para curá-lo. No entanto, o Senhor enviou uma palavra e o pai creu e o seu filho foi curado.

Cap 5 –Um paralítico é curado pelo Senhor no dia de sábado. Logo, foi perseguido porque se igualou a Deus. Assim, o Senhor Jesus revelou que o Filho é a única maneira de conhecer, ver e receber a graça do Pai. Tudo foi entregue para Filho para trazer à salvação a humanidade pecadora.  

Cap 6 –Jesus fez o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes. Alimentou milhares. Depois, a noite andou sobre as águas que os discípulos ficaram com medo, mas o receberam. A multidão foi atrás de Jesus por causa do pão para matar a fome e não pelo sinal da salvação. A ordem foi trabalhar pelo pão da vida que é Jesus que desceu da parte de Deus para eternidade. Quem não participar do mistério que foi morte e ressurreição não tem a salvação da alma. Logo, muitos foram embora pelo discurso duro. Até que os doze não foram, porque sabia que só Jesus tinha palavras de vida eterna.

Cap 7 –Jesus estava na festa dos tabernáculos, se manifestou dizendo que batizaria com o Espírito Santo após a sua ressurreição. Todos queriam matá-lo e não tinha chegado a hora. 

Cap 8 –A mulher é acusada de adultério diante do Senhor Jesus. Porém, identificou a condição pecaminosa de todos que a condenava. Não a condenou e disse que não pecasse novamente. Jesus é a luz do mundo. O seu testemunho é verdadeiro que é dada pelo Pai e é legítimo o seu julgamento. A permanência do pecado do povo vai guiá-los para morte. Porquanto, não conhecessem o Pai e nem o Filho. Conhecer a verdade e o filho se liberta da morte. O povo vive na mentira e tem o pai como diabo. Abraão viu o dia de Cristo para salvação e desejaram matar Jesus e que saiu do meio deles.

Cap 9 –O Senhor Jesus curou um cego de nascença. A origem foi para glória de Deus, passou lodo e o enviou para lavrar no tanque de Siloé. Este homem foi chamado para dá justificativa deste milagre. Foi feito no sábado. Os doutores repreendiam e nem aceitavam o milagre de Jesus. Porém, ficou firme no seu testemunho até que encontrou Jesus e creu nele.

Cap 10 –Jesus é o bom pastor para salvar e a porta para o paraíso. As ovelhas estão sujeitas ao mercenário e o ladrão. Podem ser enganadas e destruídas. O aprisco é o local de congregar para eternidade, a ovelha conhece a voz do pastor e não é arrebatada pelo inimigo. Na festa da dedicação, os judeus queriam que Jesus afirmasse se era o cristo. Não entendiam a sua palavra e nem conheciam que o Pai e o Filho são um. Queriam matá-lo por apedrejamento, porque se fazia igual a Deus. Jesus disse que também eram deuses conforme a palavra direcionada.  Vamos nos tornar igual ao Pai quando fazemos as mesmas coisas.

Cap 11 –Jesus ressuscitou a Lázaro no quarto dia. Apresentou-se como a ressurreição da vida para todo aquele que crer. Contaram para os judeus sobre a ressurreição do Lázaro, logo, planejaram que Jesus devia morrer pela nação, foi profetizado pelo sumo sacerdote Caifás.

Cap 12 –Em Betânia Jesus foi ungido com nardo puro pela Maria. Representou para o seu sepultamento. Muitos vinham ver Lázaro por causa da ressurreição. Jesus entrou montado no jumentinho e recebido com ramos como rei em Jerusalém estava próximo à festa de Páscoa. Os gregos queriam ver, a voz de Deus soou para que todos cressem em Jesus.

Cap 13 –Jesus lavou os pés dos seus discípulos como exemplo de servir. O traidor é identificado que é Judas Iscariotes na ceia da páscoa, comeu o pão molhado. O novo mandamento é amar como Cristo ama e serão conhecidos como discípulos. Fala da sua morte e Pedro disse que morreria junto, disse que negaria três vezes antes que o galo cante.

Cap 14 –Jesus falou na morada eterna que foi preparar. O caminho que leva a Deus é o próprio Jesus. Quem vê, ouve, conhece a Jesus, está com Pai. As obras, as ações, as palavras, o ensino, os sinais são de Deus. Assim, que crer em Jesus faz as mesmas obras e maiores.  Pedir em nome de Jesus para glorificar a Deus. O consolador, o Espírito da verdade vem da parte de Deus, para que tenhamos relacionamento com o pai e não ficarmos órfãos. Vai ensinar e lembrar-se de tudo que Jesus falou porque vai para junto do Pai que enviou. O príncipe deste mundo que é Satanás não tem nada com Cristo. 

Cap 15 –Jesus é a videira, o pai o agricultor e os discípulos são varas. As varas dão frutos, ou seja, resultado da união com videira. Isto é a relação do discípulo com Senhor Jesus. O amor é a essência para produzir salvação das almas. Não podemos continuar como mentalidade de servos e sim de amigo. O Espírito da verdade vai dá testemunho de Cristo.  

Cap 16 –A perseguição virá sobre a igreja e matarão os discípulos de Cristo. Jesus vai para o Pai e o Espírito Santo vem para convencer do pecado, juízo e justiça. O Espírito Santo vai guiar em verdade, ensinará das coisas futuras. O Senhor Jesus está preparando-lhes para sua morte e ressurreição, que não vão ficar sozinho. Jesus ensinou que devem pedir ao Pai, que vai conceder, porque os amam. Jesus disse que teriam aflições, mas venceu o mundo e que tenham paz nele.

Cap 17 –Jesus orou ao Pai, para glorificá-lo em sua obra realizada e homens que foram entregues para conhecer o mistério de Deus, que é Cristo. A vida eterna é: conhecer ao Deus único e a seu filho. Agora, o mundo não vai tê-lo fisicamente, mas deixará a sua extensão que são os discípulos ou a igreja. Pede para guardá-los do mundo, pela razão que não são deste mundo. Sejam santificados pela palavra da verdade. Orou por outras pessoas que crerão Nele como Salvador. A unidade do Pai e do Filho é perfeita. Então, a mesma glória de unidade deve ser entre os irmãos para que creiam que somos enviados pelo Senhor Deus.

Cap 18 –Jesus foi traído por Judas que levou homens da parte dos sacerdotes. Adiantou-se em perguntá-los a quem procurais. O Senhor Jesus se revelou como Eu sou, logo, todos caíram em terra. Quando prenderam ao Senhor Jesus, Pedro cortou a orelha de Malco o servo do sacerdote. O interrogatório foi na casa de Caifás por Anás seu genro, acusando lhe e não acharam nada para condenarem. Então, levaram para Pilatos, para ser julgado e morto na lei universal romana. Pilatos não encontrou nenhum pecado para matá-lo e perguntou como é de costume libertar o preso, logo, escolheram Barrabás um malfeitor.

Cap 19 –Jesus foi humilhado, chicotearam-lhe, colocaram a coroa de espinhos, bofetearam-lhe, até que Pilatos tentou salvá-lo, o seu crime para os principais do judeu foi ser filho de Deus. O povo agitado e para que não continuasse, Pilatos levou para crucificação no Gólgota. A inscrição da placa Jesus Nazareno rei dos judeus, escrito hebraico, grego e latim. João com Maria Mãe de Jesus e outras mulheres na crucificação. Jesus teve sede, oferecendo-lhe vinagre e bebeu, disse: está consumado e entregou o seu Espírito. Travessaram uma lança, água e sangue. Não quebraram as suas pernas. Retiraram a Jesus da cruz, José de Arimáteia e Nicodemos, a preparação do sábado estava próxima.

Cap 20 –A ressurreição de Jesus presenciada por Madalena, contou aos discípulos que foram ver e não viram a Ele no sepulcro. Jesus apareceu para Madalena e foi para o Pai. Chegou aos discípulos que estavam no cenáculo com portas fechadas. Alegraram-se e falou coisas concernentes da obra deles. Tomé não estava em casa, porém, não acreditou e Jesus mandou que tocasse nos furos do seu corpo. Para ser bem-aventurada é quem não viu e creu.

Cap 21 –Jesus apareceu para os seus discípulos e comeu com eles na pescaria. Pedro foi confrontado para que entendesse o amor que tinha pelo Senhor Jesus e apascentar o rebanho de Deus. 

 

Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.